Moradores da Baixada Fluminense são espancados após supostas piadas sobre morte de traficante; uma das vítimas morreu

  • 28/02/2024
Outro morador está internado após as agressões. Bandido foi um dos nove que morreram em operação nesta terça-feira. Megaoperação deixa 9 suspeitos mortos no Rio Dois moradores foram sequestrados e espancados por traficantes em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Segundo outros moradores da região, os sequestros e espancamentos ocorreram depois que as vítimas foram acusadas de publicar piadas em redes sociais sobre um dos traficantes mortos em uma megaoperação policial que ocorreu na terça-feira (27). Um dos homens espancados não resistiu às agressões e morreu. O caso é investigado pela Divisão de Homicídios. Ao todo, nove homens, que segundo a polícia eram traficantes, foram mortos na operação de terça, entre eles o bandido conhecido como Tomate. De acordo com as investigações, ele tinha um papel de destaque no Comando Vermelho na comunidade do Trio de Ouro e comandava diversas invasões a outras favelas. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos seriam da comunidade Vila Ruth, que também faz parte de São João de Meriti. Segundo moradores da região, as vítimas de espancamento foram apontadas pelos bandidos como autoras de piadas em redes sociais em relação ao vulgo do bandido morto. Horas depois, já de noite, eles foram sequestrados no bairro Jurandir, próximo ao shopping do município, e agredidos. Um deles foi socorrido e levado para a UPA Jardim Iris. Depois, transferido para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias. Ele segue internado na unidade. A direção do hospital informou que ele deu entrada com dor nos braços e pernas, além de uma fratura exposta em um dos braços, e precisou passar por uma cirurgia. Além da Divisão de Homicídios, a 64ª DP (São João de Meriti) também apura o caso. Como foi a operação Nove suspeitos morreram em uma operação conjunta das polícias Militar e Civil, nesta terça-feira (27), em comunidades do Rio de Janeiro dominadas pelo Comando Vermelho (CV), a maior facção do tráfico do estado. Dois PMs ficaram feridos, e 5 homens acabaram presos. O g1 apurou que a força-tarefa era para tentar prender chefes do CV responsáveis pelas recentes disputas por territórios no RJ, sobretudo na Zona Oeste da capital. Um dos alvos da ação era Edgar Alves de Andrade, o Doca. Nove suspeitos foram mortos em confronto com policiais — 4 em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e 3 na Flexal, na Zona Norte do Rio, e outros 2 no Complexo do Alemão. LEIA TAMBÉM: Ataque a advogado morto a tiros no Centro do Rio durou 14 segundos Influenciador preso em Fortaleza estuprou ao menos 7 vítimas, entre elas mãe e filha 4 mortes em cerco na Baixada Ainda na madrugada, a PM fez cercos nessas e em outras favelas, como a Rocinha, a fim de impedir a fuga de criminosos. Em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, 4 que tentaram sair morreram em confronto com militares do 21º BPM (Meriti). ✅Siga o canal do g1 Rio no WhatsApp e receba as notícias do Grande Rio direto no seu celular. A PM afirmou que o grupo partiu em um carro roubado do Complexo da Penha com destino à Comunidade Trio de Ouro, no Centro do município. No caminho, foram surpreendidos pela polícia e revidaram atirando. Os suspeitos foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jardim Íris, mas não resistiram. Dois deles foram identificados como Tomate e Gato, atuantes no Complexo do Chapadão e no Gogó da Ema, ambos em Costa Barros. Com eles, foram apreendidos 2 fuzis calibre 7.62, 4 carregadores, 2 radiocomunicadores e 1 capa de colete balístico, além do carro roubado.

FONTE: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2024/02/28/moradores-da-baixada-fluminense-espancados-sao-joao-meriti.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Whats Up

4 Non Blonds

top2
2. Como Eu Quero

Kid Abelha

top3
3. Knife

RockWell

top4
4. Muito Estranho

Dalto

top5
5. We Are The World

USA For Africa

Anunciantes